Noite quente… ideal para um momento hegeliano…

Tendo em mente os desafios oferecidos pelo tempo em que vivemos que torna o mundo globalizado, apresenta-se a questão: existe alguma possibilidade positiva de resposta que busque privilegiar a intersubjetividade contida no conceito de luta por reconhecimento, preservando e inserindo as biografias individuais dentro de uma sociedade solidaria e que tenha por principio a pluralidade, desta forma tornando o mundo um espaço onde se possa viver de maneira mais igualitária? Este texto pretende apontar para caminhos que tornem esta resposta afirmativa. No transcurso desta pesquisa aparecem questões de como se dá o desenvolvimento do sujeito da esfera objetiva até a esfera efetiva e absoluta, dentro da teoria hegeliana. Ainda: como as dimensões privadas, publicas e jurídicas se formam? Como é possível que a vontade de pessoas livres se objetivem em um contrato?
Para responder a estas questões servirão de recursos os textos hegelianos da Real Philosophie, o Sistema de Eticidade e a Fenomenologia do Espírito. O papel da Luta por Reconhecimento de Axel Honneth será de atualização do conceito de reconhecimento, através do aprofundamento da intersubjetividade também dentro da esfera do Estado.
Palavras-chave: Luta. Reconhecimento. Hegel. Honneth. Intersubjetividade
Anúncios

Sobre Artur Lopes

philosopher, musician, lover, freind, human Ver todos os artigos de Artur Lopes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: